#1 TikTok Ads Spy Tool

A Better Way to Make TikTok Ads Dropshipping & TikTok For Business

  • Find TikTok winning products & TikTok dropshipping ads.
  • Analyze TikTok advertisers
  • Get the Latest TikTok Shop Data.
Try It Free

Como atrair um público personalizado de vídeo no Facebook

Published on: November 20 2023 by James William

Como atrair um público personalizado de vídeo no Facebook

Tabela de Conteúdos

  1. Introdução
  2. Problema com o público personalizado de visualizações de vídeo
  3. Bug da ferramenta que limita a quantidade de público gerado
  4. Fragmentação da plataforma Meta Business Switch e suas consequências
  5. Diferença entre visualizações e pessoas que assistiram o vídeo
  6. Considerações sobre a configuração do posicionamento de anúncios
  7. Impacto das visualizações fora da rede na geração de público
  8. Estratégias para extrair público a partir de vídeos
  9. Solução recomendada para evitar discrepâncias de dados
  10. Considerações finais

Por que o seu público personalizado de visualizações de vídeo não ultrapassa mil pessoas?

Neste artigo, discutiremos um problema comum enfrentado por muitos profissionais de marketing: quando você cria um público personalizado de visualizações de vídeo, a quantidade desse público nunca é igual à quantidade de visualizações do vídeo de origem. Na maioria das vezes, esse público não ultrapassa mil pessoas. Vamos explorar as razões por trás desse problema e oferecer uma possível solução.

1. Introdução

Ao criar uma campanha de anúncios no Facebook com o objetivo de aumentar as visualizações de um vídeo, é comum esperar que o público personalizado baseado nessas visualizações seja proporcional ao número de visualizações do vídeo. No entanto, muitos profissionais de marketing têm relatado que o público gerado nunca ultrapassa mil pessoas.

2. Problema com o público personalizado de visualizações de vídeo

Quando você cria um público personalizado de visualizações de vídeo, é importante entender que o número desse público pode ser significativamente menor do que o número total de visualizações do vídeo. Isso acontece devido a várias razões, incluindo a forma como o Facebook conta as visualizações e a frequência com que uma mesma pessoa assiste ao vídeo.

3. Bug da ferramenta que limita a quantidade de público gerado

Além disso, alguns profissionais de marketing têm relatado um problema específico em que o público gerado a partir das visualizações de vídeo fica limitado a mil pessoas, mesmo que o vídeo tenha um número muito maior de visualizações. Isso é considerado um bug na ferramenta do Facebook e pode ser frustrante para os profissionais de marketing que desejam aproveitar ao máximo o público gerado.

4. Fragmentação da plataforma Meta Business Switch e suas consequências

Outra questão que tem incomodado os profissionais de marketing é a fragmentação da plataforma Meta Business Switch. Com várias opções de ferramentas e configurações disponíveis, pode ser difícil para os profissionais de marketing encontrar as informações relevantes e acompanhar o desempenho de seus vídeos.

5. Diferença entre visualizações e pessoas que assistiram ao vídeo

É importante lembrar que visualizações e pessoas que assistiram ao vídeo são conceitos diferentes. Uma visualização é contabilizada sempre que alguém assiste a pelo menos três segundos do vídeo. No entanto, uma mesma pessoa pode assistir ao vídeo várias vezes, o que pode distorcer o número de visualizações em relação ao número de pessoas que assistiram ao vídeo.

6. Considerações sobre a configuração do posicionamento de anúncios

Ao criar uma campanha de anúncios em vídeo, é essencial prestar atenção à configuração do posicionamento dos anúncios. Uma configuração incorreta, como deixar o posicionamento automático ativado ou incluir opções externas à rede do Facebook, pode comprometer a contabilização das visualizações e a geração do público personalizado.

7. Impacto das visualizações fora da rede na geração de público

Em algumas situações, as visualizações que ocorrem fora da rede do Facebook, como em artigos ou sites parceiros, não são contabilizadas para a geração do público personalizado. Isso pode causar uma discrepância significativa entre o número de visualizações do vídeo e a quantidade de público gerado.

8. Estratégias para extrair público a partir de vídeos

Para maximizar a geração de público a partir de vídeos, é recomendado criar anúncios com posicionamentos manuais e filtrar opções que não sejam nativas para visualização de vídeo, como feeds de notícias do Facebook e Instagram. É importante considerar esses aspectos ao planejar uma estratégia de anúncios em vídeo.

9. Solução recomendada para evitar discrepâncias de dados

Com base nas considerações feitas, recomendamos que os profissionais de marketing desativem as opções de posicionamento automático e audiência Network ao criar campanhas de anúncios em vídeo. Ao focar em posicionamentos manuais e em feeds nativos do Facebook e Instagram, é possível reduzir a discrepância entre as visualizações do vídeo e o público gerado.

10. Considerações finais

Embora o problema com o público personalizado de visualizações de vídeo possa ser frustrante, é possível contorná-lo ao entender como as visualizações são contabilizadas e ao ajustar as configurações de posicionamento dos anúncios. Ao colocar em prática as estratégias recomendadas, os profissionais de marketing podem melhorar a qualidade do seu público e maximizar os resultados de suas campanhas em vídeo.

Destaques

  • O público personalizado de visualizações de vídeo muitas vezes não ultrapassa mil pessoas, gerando frustração para os profissionais de marketing.
  • O bug da ferramenta do Facebook limita a quantidade de público gerado e impede que ele seja proporcional ao número de visualizações do vídeo.
  • A fragmentação da plataforma Meta Business Switch dificulta o acompanhamento do desempenho dos vídeos e a obtenção de informações relevantes.
  • Existe uma diferença entre visualizações e pessoas que assistiram ao vídeo, pois uma mesma pessoa pode assistir ao vídeo várias vezes.
  • A configuração correta do posicionamento de anúncios é essencial para garantir a contabilização correta das visualizações e a geração de público.
  • As visualizações fora da rede do Facebook, como em artigos e sites parceiros, não são contabilizadas para a geração do público personalizado.
  • Recomenda-se utilizar posicionamentos manuais e filtrar opções não nativas para visualização de vídeo, como feeds de notícias do Facebook e Instagram.
  • Ao ajustar as configurações dos anúncios em vídeo, é possível evitar a discrepância entre visualizações e público gerado.
  • Entender e aplicar essas estratégias ajudará os profissionais de marketing a maximizar os resultados de suas campanhas em vídeo.

Perguntas Frequentes

1. Por que o público personalizado de visualizações de vídeo nunca ultrapassa mil pessoas? R: Isso ocorre devido a um bug na ferramenta do Facebook, que limita a quantidade de público gerado a partir de visualizações de vídeo.

2. Como posso acompanhar o desempenho dos meus vídeos no Meta Business Switch? R: Infelizmente, a plataforma Meta Business Switch apresenta fragmentação e dificulta o acesso às informações relevantes. Recomenda-se utilizar o estúdio de criação para obter insights sobre os vídeos.

3. Qual é a diferença entre visualizações e pessoas que assistiram ao vídeo? R: Uma visualização é contabilizada sempre que alguém assiste ao menos três segundos do vídeo. No entanto, uma mesma pessoa pode assistir ao vídeo várias vezes, o que distorce o número total de visualizações.

4. Como evitar a discrepância entre visualizações e público gerado? R: Recomenda-se configurar os posicionamentos de anúncios manualmente e filtrar opções que não sejam nativas para visualização de vídeo, como feeds de notícias externos à rede do Facebook e Instagram.

5. Existe uma solução definitiva para o problema do público personalizado de visualizações de vídeo? R: Infelizmente, o bug da ferramenta do Facebook ainda não foi corrigido, mas seguindo as estratégias recomendadas é possível minimizar a discrepância entre visualizações e público gerado.

Start your free trial today!

Try Pipiads free for trial, no credit card required. By entering your email,
You will be taken to the signup page.